aneis joias

aneis joias

Jóias reluzentes, tão preciosas e finas São como estrelas cintilantes na noite Refletem a luz do sol como pequenas minas E nos deixam fascinados com seu brilho afoito

Brilham em anéis que adornam nossas mãos Em colares que emolduram nossos pescoços São como tesouros que nos fazem tão vaidosos E nos deixam orgulhosos de nossos achados

As jóias são como histórias que contam De amores que nasceram em noites claras De paixões que se transformaram em amizades E de momentos inesquecíveis que ficaram guardados

Por isso, mesmo que pequenas, as jóias têm valor Pois são símbolos de afeto e de ternura E nos fazem lembrar de pessoas queridas Que guardamos em nossos corações com doçura.